Procurar no site


Contacto

Grupo de fanáticas assedia a banda Tokio Hotel

19-04-2009 18:33

Um integrante do grupo alemão Tokio Hotel foi envolvido em um violento incidenteocorrido em Hamburgo. Investiga-se que a sua alteração tem a ver com o assédio da banda por um fanatismo desenfreado.

A banda pop Tokio Hotel está sendo assediada por um grupo de jovens fanáticas, que os obrigaram a tomar medidas de segurança extrema para proteger os membros do grupo musical informou neste domingo (19/04/09)  o seu manager .

O assédio não afeta somente os quatro membros do grupo em torno do vocalista Bill Kaulitz, mas também às suas familias que nos últimos dias tiveram que trocar constantemente de endereço, disse David Jost a agência DPA.

Se trata de um grupo de meninas que se cobrem com véus e cachecóis.
Uma delas teve na semana passada uma briga com o irmão gêmeo Kaulitz,Tom que havia sido confundido com o líder do Tokio Hotel.

Há muitas coisas para se esclarecer

Após o incidente o jornal Bild deu ampla divulgação ao caso, apontando Tom Kaulitz como um possível agressor de mulheres. Hoje o mesmo jornal pergunta nesse domingo se as pressões decorrentes desse grupo de fanáticas teriam forçado o gêmeo de Bill Kaulitz a reagir violentamente.
Aparentemente, as meninas teriam seguido o Kaulitz logo assim que ele saiu de um estúdio de gravação em Hamburgo.

"Estas garotas não são fãs, são o que no Inglês se chama de "Stalker" seguidoras furiosas, que colocam em perigo a segurança das pessoas", diz Jost.

De acordo com as versões da imprensa, o grupo de stalkers são de origem francesa e se denominam "Las Afghanes on tour" (As afegãs em ação).

A polícia de Hamburgo investiga o incidente e anunciou que apresentará os resultados do inquérito, quando estiver concluído.

Tradução: Freiheit 89
Postado por: Alê
Fonte
:[x]