Procurar no site


Contacto

Manager do Tokio Hotel diz que garotas estão ameaçando a banda

19-04-2009 16:14

Hamburgo - Tokio Hotel, a banda que ganhou prêmios de música e a adulação de jovens garotas pela Europa, está sendo perseguida por um grupo de garotas que cuja obsessão se transformou em agressão, de acordo com o mananger do grupo, David Jost, no domingo.
O jornal alemão de circulação em massa Bild disse que as stalkers são um grupo de quatro mulheres francesas que sempre se disfarçam com máscaras cobrindo todo o rosto ou lenços do estilo islâmico e apelidaram a si próprias de "Les Afghanes on Tour".
Jost disse que a briga de quarta-feira em Hamburgo,Alemanha no posto de reabastecimento envolveu Tom Kaulitz, 19, e uma das stalkers.
O guitarrista Tom Kaulitz que no palco se veste com um gorro, alegadamente lançou um cigarro aceso na mulher que em seguida o apagou no carro dele.
Seu irmão gêmeo Bill, cantor de look andrógeno e que cujamaneiras são uma das marcas da banda alemã, não estava presente.
Jost disse por e-mail as agências de imprensa que os os irmãos Kaulitz, seus parentes e os outros dois integrantes do Tokio Hotel deslocavam-se regularmente da casa em um esforço para manter-se um passo a frente das stalkers mascaradas, que os estavam ameaçando* durante meses.

"Eles não são fãs, são stalkers militantes eles não são os verdadeiros fãs" disse Jost.

Ele disse que os Kaulitz agora estão filmando todas as mulheres que se aproximam, e que fizeram uma queixa à polícia no dia 9 de Abril sobre a mulher que mais tarde estava envolvida no incidente em Hamburgo.

 

 

 

Tradução: Freiheit 89
Postado por: Alê
Fonte:
[x]